O Pilates

O método Pilates foi idealizado por Joseph Hubertus Pilates, no início da década de 1920. Seu programa envolve condicionamento físico e mental e tem como objetivo melhorar o equilíbrio entre performance e esforço, através do centro estável. O Pilates trabalha o corpo como um todo, corrige a postura e realinha a musculatura, desenvolvendo a estabilidade corporal necessária para uma vida mais saudável e longeva. O método tem como base um conceito denominado de contrologia (contrology). Segundo Pilates, contrologia é o controle consciente de todos os movimentos musculares do corpo. Para atingir os benefícios e ter uma melhor eficácia na série de atividades, o método Pilates se utiliza de seis princípios básicos: concentração; respiração; alinhamento; controle de centro; respiração e fluidez de movimento. Para tanto, Joseph Pilates juntou os melhores aspectos das disciplinas dos exercícios orientais e ocidentais, e é o equilíbrio desses dois mundos. Do Oriente, Pilates trouxe as filosofias de contemplação, relaxamento e a ligação entre corpo e mente. Do Ocidente, trouxe a ênfase no enrijecimento muscular e a força, a resistência e a intensidade de movimento. Essa mistura resultou no método Pilates, que hoje traz diversos benefícios para pessoas de todas as idades.

 

 

Benefícios:

 

  • Liberdade de movimentos

  • Maior consciência corporal

  • Fortalecimento muscular

  • Integração entre corpo e mente

  • Melhora na capacidade respiratória

 

 

 

 

 
  • Aumento da flexibilidade

  • Correção da postura - prevenção de lesões

  • Alívio das dores musculares

  • Aumento da auto estima

Perguntas Frequentes:

 

O método Pilates melhora a postura e alivia dores no corpo?

Um dos objetivos mais importantes do método Pilates é o realinhamento postural. Os exercícios, somados ao ganho de força e flexibilidade adquiridas com a prática, implicam diretamente na aquisição de uma boa postura. Muitas vezes as dores no corpo são consequência da postura (falta de flexibilidade ou força) e melhoram e até desaparecem com a prática de Pilates.

 

Quem dá as aulas de Pilates?

No início, as aulas de Pilates eram ministradas por bailarinos que tinham aulas com o “pai” do Pilates, Joseph Pilates, para tratar de lesões causadas pela profissão. Devido à consciência corporal, os bailarinos transmitiam o método com grande beleza e fluidez que o método exige. No Brasil, o método foi adotado por fisioterapeutas e profissionais de educação física, pois o Pilates começou a ser ministrado em academias onde é exigido um dos dois profissionais. Em paralelo, esses profissionais têm conhecimento e capacitação para passar corretamente os exercícios.

 

O método Pilates emagrece?

Por ser uma atividade física, o Pilates proporciona perda calórica. Porém, não é esse o seu principal objetivo. O Pilates deve ser praticado por quem busca uma vida saudável, com boa postura, músculos flexíveis, corpo bem definido, melhor circulação sanguínea e melhor respiração.

 

Qual a diferença entre o Pilates e a musculação? 

O Pilates, ao contrário da musculação, não trabalha com pesos. As resistências são feitas com molas ou o peso do próprio corpo. Outra diferença é que na musculação os movimentos e os exercícios são mais rápidos que os do Pilates, que, por outro lado, trabalha com poucas repetições e mais controle dos movimentos. Por isso se ganha tonificação muscular com o Pilates, mas sem grandes hipertrofias (aumento de volume muscular) como acontece na musculação.

 

Tenho hérnia de disco, posso fazer pilates? 

Sim, é possível e inclusive recomendado fazer aulas de pilates tendo hérnia de disco. O pilates é um método onde além de se preocupar o tempo todo com a postura correta, o professor irá sempre evitar exercícios contra-indicados para a sua situação, e serão incluídos na sua aula exercícios adequados para que haja melhora no tratamento da patologia e diminuição das dores. Em resumo, a aula de Pilates pode ser adaptada para as limitações de cada indivíduo.

 

Devo praticar quantas vezes por semana?

A prática de duas a três vezes por semana é considerada ideal para dar ritmo ao corpo e sentir mais rapidamente os resultados. Porém é algo que varia de acordo com a situação de cada aluno, se ele já faz algum exercício em paralelo ao Pilates, quais os objetivos ele está buscando, entre outros fatores a serem considerados.

 

Há contra-indicações para a prática do Pilates?

Não há contra-indicações, o que pode ocorrer, dependendo do caso, é um trabalho em conjunto com o médico de mulheres grávidas, idosos e pessoas cardíacas e outras doenças graves a fim de evitar qualquer incidente.

 

 

 

Horários de Atendimento

 

Segunda a Sexta :

7:30h às 13h

15h às 21h

 

Contato:

Fone: (51)  3508 5726 

           (51)  98186 5454

 

 

 

 

Localização

 

 

 

Mapa do Site

 

Rua Demétrio Ribeiro, 990, Sala 207  | Centro Histórico | Porto Alegre - RS

 

 

  • Facebook Limpa Cinzento
  • Instagram Limpa Cinzento